Survivor Ghost Island – A estreia


 

Tem coisa melhor do que uma temporada fresquinha, cheia de newbies fresquinhos? Difícil!

Como todos já sabem,  novidade desta 36ª temporada é o retorno de elementos de temporadas anteriores. Ídolos e vantagens que foram mal utilizados estão de volta, dando aos novos jogadores a chance de reverter a maldição que estaria neles.

Não teve naufrágio, infelizmente, e as tribos Naviti e Malolo foram levadas de barco até a praia onde se encontravam Jeff Probst e o primeiro desafio da temporada.

Valia vinte ovos, kit de pesca, um kit de construção e a pedra de fazer fogo. Tinha um twist: As duas tribos tiveram , que escolher um representante. Esse teve que escolher uma pessoa para fazer a parte física da prova e uma para o quebra-cabeça.

Brendan da Malolo escolheu Michael e Laurel, Chris da Naviti escolheu Sebastian e Desiree.

 

 

Durante o quebra-cabeças, que era o clássico de deslizar, Jeff abriu uma garrafa com areia e deixou a areia cair. Enquanto a areia da garrafa não acabava, os representantes Brendan e Chris tinham a possibilidade de abortar o quebra-cabeças se achassem que perderiam, para assim garantir o kit de pesca.

A decisão de Chris e a manifestação e Domenick, dizendo que faria diferente, imediatamente criaram uma divisão na tribo.

Domenick disse a Jeff que não mente, e isso me lembrou muito do Jonathan Penner.

No acampamento foi interessante. Domenick com seu jeito expansivo tratou de apelidar Sebastian de “Sea Bass”(badejo), dizendo que era super óbvio o apelido, já que ele era pescador e se chamava Sebastian.

 

Só que a tática de Chris para criar laços com o pescador foi bem mais eficiente. Parece ter acertado que o nome de Sebastian foi inspirado no Parque Estadual Sebastian Inlet, um paraíso do surfe e da pesca que fica na Flórida. Assim nasceu a aliança Chris + Sebastian, e seu primeiro alvo era…

 

Não demorou muito para Domenick saber dos planos de Chris e Sebastian, pela boca de Wendell.

 

 

Na tribo Malolo, enquanto Donathan criava laços com as pessoas, consciente de que sua condição física seria uma ameaça nos primeiros dias de jogo, Jacob entrava com o pé na porta. Falando em ídolos, indo procurar ídolos por horas a fio sem tentar disfarçar, e sem perceber que estava deixando todo mundo desconfiado. Daqueles super fãs que chegam à ilha querendo viver em um dia todas as coisas legais que viram na TV em 17 anos de programa.

Não sei se achei ele engraçadíssimo ou irritante, por chegar lá e ser tão ruim assim…

 

Nem precisa de tempero…

 

Imunidade

Na prova de imunidade, apareceu um fantasma que não estava previsto na Ghost Island: James em Heroes vs. Villains incorporou em Gonzalez, durante a montagem do quebra-cabeças cúbico.

Quando Donathan tentou alertar sobre a configuração das cores do cubo, Gonzalez o cortou e disse que era melhor somente uma pessoa falar.

É claro que sempre seria melhor só um falar, mas é bem impossível isso acontecer, ainda mais na primeira prova de imunidade da temporada!

 

 

Malolo perdeu a prova, e Naviti mandou Jacob para a Ghost Island. Diz ele que falou coisas de propósito pra poder ir lá ver qual é. 😴

Chegando lá, encontrou a vantagem secreta de Sierra em Game Changers. Só que não era pra ele! Foi obrigado a mandar a vantagem para alguém da outra tribo. Escolheu Morgan da tribo Naviti, por achar que ela era forte e poderia chegar ao merge.

No acampamento Malolo, Donathan resolveu tentar colocar a tribo contra Gonzalez, que estava palestrando sobre que estratégia deveriam ter usado na prova, mas quando Donathan tentou sugerir e ela o mandou ficar quieto.

Então o que se seguiu foi uma interessante discussão sobre o que eliminar primeiro: uma pessoa fraca ou uma pessoa forte que poderia ser uma ameaça? O melhor argumento veio de Stephanie, sobre a força de Gonzalez versus a utilidade de Donathan nas provas.

Se a gente precisar de uma pessoa pequena pra enfiar em alguma coisa…

 

O Conselho seguiu a mesma linha: quem é forte, quem é fraco, Jacob é esquisito, Gonzalez é muito muito boa em quebra-cabeças, Gonzalez desconfiou de alguma coisa quando Michael disse que bastava uma conversa para mudar tudo. A moça se levantou e foi falar no ouvido de todo mundo pra garantir que o plano era Donathan.

 

 

Probst comentou que Donathan estava se esquivando da atividade no CT, porém tudo deu certo para o rapaz.

 

 

Lá se foi a “winner pick” de um monte de gente! E 33 times do #TopCincoBaby tiveram a primeira baixa!

Fica aí que tem mais!

 

 

Lembra que Wendell contou para Domenick que os meninos tavam jogando seu nome na roda? Pois ele resolveu agir na madrugada. Encontrou ratos! E também o ídolo que foi da Andrea em Caramoan.

Morgan encontrou a Legacy Advantage em sua bolsa e Jacob teve a brilhante ideia de levar um ídolo falso para mostrar para sua tribo. Brendan perguntou logo pelo papel de instruções, que obviamente não existia.

 

 

Sentindo-se mais seguro com o ídolo na mão, Domenick foi tentar se acertar com Chris, e acabou se afundando ainda mais. Chris perguntou se ele tinha achado o ídolo, Dominick negou, mas depois a paranoia foi mais forte que ele. Preparou um ídolo falso e mostrou a Chris com o papel do ídolo verdadeiro, esperando que Chris mordesse a isca e passasse para o seu lado. Mas na verdade foi ele que mordeu a isca do Chris, que achou tudo muito estranho e continuou sem confiar no moço.

Teve uma prova linda de imunidade/recompensa, na água do jeito que eu gosto, com direito a partes expostas, saltos sensacionais e amarelância. Sim, inventei amarelância.

 

A nova Cirie se superando e salvando…salvando nada, porque eles perderam.

Donathan foi mandado para a Ghost Island, e não arrumou nada! Nada além de um panelão de arroz maior que a ração da tribo inteira!

Para a tribo, o alvo era Jacob. Stephanie foi encarregada de fazê-lo se sentir bem confiante para não usar o ídolo, caso fosse verdadeiro. Os votos seriam divididos entre ele e James, que potencialmente causou a derrota da tribo.

Jacob contou toda a verdade sobre o ídolo e a Legacy Advantage para os peitos de Stephanie.

 

 

Stephanie considerou com Jenna seguir o plano de Jacob de se livrar de Michael, o fortão, e manter Jacob como pau mandado. Laurel e James também consideraram essa possibilidade, por se sentirem meio de fora do grupinho de gente bonita.

Só que nada disso aconteceu, e o fim chegou para Jacob.

 

Pergunta: Se Stephanie sabia que o ídolo era falso, por que ainda dividiram votos? Será que a moça guardou a info só para si, ou pensaram que Jacob pudesse estar fazendo como Domenick, ou o quê? Será que Steph e Jenna deixaram a decisão para a hora do CT?

Eu tô amando: Domenick, Chris, Brandan e Stephanie, e vocês??


%d blogueiros gostam disto: