Os melhores jogadores da estreia de Ghost Island | Termômetro – S36E01


Temporada novinha saindo do forno e, estamos de volta com o termômetro. Com uma edição onde o tema principal são decisões, acredito que teremos um prato cheio para as análises aqui do termômetro, não é mesmo?

Para quem chegou agora, aqui no Termômetro, ordeno os jogadores baseado no desempenho deles no último episódio. Tudo que eles fizeram ou deixaram de fazer é levado em consideração, desde ganhar desafios e achar ídolos até criar e quebrar alianças. Bem simples, não?

Além do rank, teremos o jogador da semana, que ganhará uma coroa. Mas aqui sua opinião também conta, pois no final da coluna, deixarei sempre uma enquete para você eleger os melhores da semana.

Se você está interessado em previsões sobre o boot, recomendo ler nosso Power Rankings. Lá eu e Diogo Pacheco iremos tentar prever quem serão os próximos eliminados.

Por favor, lembre de comentar no final. Esta é a única forma de eu saber se você está gostando ou não do trabalho. Valorize nosso esforço e nos incentive a produzir um conteúdo cada vez melhor. Prometo responder a todos.

Perderam todos os desafios de imunidade e solidificaram a velha estratégia de eliminar pessoas fracas em desafios nos primeiros conselhos tribais.

Stephanie
01

Demorou para aparecer, mas quando surgiu já foi como uma força estratégica dentro da Malolo, sendo uma das principais responsáveis em quebrar o comodismo de eliminar o Donathan.

Aqui quero destacar bastante o fato dela ter feito as pessoas reconsiderarem o ‘senso comum’ e enxergarem benefícios na saída de Gonzalez pois não é fácil controlar uma tribo em uma primeira votação sem atrair atenção e alvos por isso.

Foi ótima durante o segundo episódio, jogando dos dois lados e controlando o fluxo de informação com maestria. Além disso, foi brilhante ao dizer que o jeito perfeito para controlar alguém como o Jacob — super fã do programa —, é falando sobre estratégia.

Para mim, foi a grande surpresa do episódio e será uma das melhores jogadoras da temporada caso não seja vítima de uma swap desfavorável.

Brendan
02

Edição previsível para nosso professor. Como esperado foi escolhido para representar sua tribo no primeiro desafio, devido a isso teve controle sobre o ritmo da Malolo, conseguindo estabelecer um clima “Kumbaya” e até evitar que outras 8 pessoas não procurassem o ídolo.

Teve uma ótima leitura sobre a história mal contada do Jacob e conseguiu neutralizar a possível paranóia que um ídolo falso pode gerar.

Durante o segundo episódio, confirmou sua posição de liderança na tribo e estabeleceu-se como voz ativa na sua aliança com Michael, Libby, Jenna e Stephanie.

Jogou bem como maioria, mas estaria ele pronto para administrar seu jogo quando não tiver poder ou números?

Michael
03

Engraçado que Michael foi bem presente durante os dois episódios, mas, ainda assim não temos muitas coisas para falar dele. O cara fez o arroz com feijão bem feito e está jogando o necessário para se dar bem nessa fase do jogo. Overplay não é com ele.

Foi escolhido para a parte física e já garantiu a vaguinha de pessoa essencial para o sucesso da tribo. Mentiu sobre sua idade e ninguém pareceu notar (afinal, nem a gente acredita que ele tem 18 anos né?).

Queria tirar Donathan para manter a tribo forte e, apesar de ter lógica em seu pensamento, não teve sua vontade atendida, o que pode ser negativo.

Além disso, fez uma aliança sólida, porém óbvia, com Brendan. Isso pode garantir alvo em ambos, numa vibe Three Amigos. Sem contar que o fato de ter votado no James com a Libby, no segundo conselho, vai denunciar o quanto estão próximos.

Donathan
04

Estava numa situação semelhante ao do Jacob, de pessoa diferente do denominador comum da tribo. Porém, ao contrário do segundo eliminado, entrou super focado em conhecer as pessoas da sua tribo e foi um dos que vimos conseguir estabelecer as melhores relações.

Ao ter ciência de que estava ameaçado, colaborou para que o alvo saísse das suas costas explorando algumas falhas da Gonzalez e reforçando a ideia de que ele é indefeso e voto garantido no bolso dos líderes iniciais da Malolo.

Uma falha do jogo do Donathan é a “vulnerabilidade” e extrema dependência dos outros jogadores. Pode ter certeza que quando ele precisar trair um dos Malolos, a reação será muito mais intensa por causa desse sentimento de “você não estaria aqui se não fosse eu”.

Em termos de edição, teve durante o segundo desafio de imunidade um momento de superação que transformou uma potencial eliminação em uma ida à Ghost Island.

Como disse Jeff Probst: “Do nada, um herói nasceu”. Podem esperar a fadinha Donathan no próximo Heroes vs. Villains independente de quão bem ele vá aqui.

Jenna
05

O jogo dela é aquele bem morno, mas que dá certo por um tempo, sabe? Não tá fazendo nada de errado, mas também não vai conquistar nossa atenção.

Ela está próxima das pessoas que estão tomando as decisões da tribo, o que é ótimo. Além disso, se colocou numa posição de número confiável para todas as possíveis alianças.

Como disse, ela está jogando o necessário, apesar de não ter carisma nenhum.

Fora isso, ajudou a manter o Donathan na primeira votação explorando o fato da Gonzalez aparentar ser muito mais perigosa estrategicamente.

Não posso negar que ela é articulada, apesar de, durante o segundo episódio, ter barrado a ideia da Stephanie manter o Jacob apenas por ele ser irritante, o que não é muito positivo.

Por fim, tenho que destacar que ela já assinou o decreto que vai ser capacha da Stephanie nesse início do jogo. Confesso que adorei e espero que faço isso mesmo.

Libby
06

A gatinha só apareceu para torcer para o Michael no desafio inicial e falar obviedades como o fato de Donathan ser fraco nos desafios. Deve ser carregada pelo Brendan e Michael enquanto eles tiverem poder sob os números.

Laurel
07

Foi escolhida para executar a parte do puzzle, fez uma mini aliança com Donathan e basicamente não apareceu mais até a hora do segundo conselho, quando explicou que estava entendendo a situação e dinâmicas da sua tribo, mas, que só queria agir se aquele fosse o momento certo. Vem nova Kimmi Kappenberg.

James
08

Tem uma boa compreensão do jogo, do que é certo ou errado de se fazer e quais são os comportamentos padrões em cada estágio do jogo. Além disso, ele pontuou corretamente o que Jacob estava fazendo de errado.

Teve uma ótima reação depois de prejudicar a equipe no desafio de imunidade, porém exagerou um pouco ao ponto de parecer que estava desistindo. Fora isso, por mais humilde que ele tenha sido, em uma tribo que estava totalmente voltada para “manter as pessoas fortes” seu desempenho com certeza o adiantou na linha de eliminação.

Gonzalez
09

Apesar de sua personalidade forte e boa leitura das dinâmicas do jogo, foi a primeira eliminada. Parecia ter as coisas sob controle e a edição não justificou muito bem como ela acabou parando naquela situação.

Podemos destacar seu comportamento durante o desafio de imunidade. Mas fora isso ela não errou muito.

Talvez, o não tenha conseguido construir relações tão boas quanto Donathan e, consequentemente, não ter ninguém para a proteger. A impressão que deu é que Gonzalez era vista individualmente enquanto Donathan era parte da Malolo.

Fora isso, a gente ama uma confusão no conselho, mas sabe que em 99% dos casos isso não muda nada na votação. É só mais uma forçadinha de barrra do que qualquer outra coisa.

Pelo menos saiu com estilo e garantiu sua vaguinha em Survivor: All First Boots.

Jacob
10

O arco de superação do nerd super fã estava pronto para o Jacob, mas, não foi dessa vez né?

Um dos maiores erros do Jacob foi ter reagido de forma desproporcional ao fato de de existirem pessoas atléticas e bonitas em sua tribo. Dessa afobação ocorreram incontáveis erros que afundaram de vez as chances dele.

Para começar, ele LITERALMENTE anunciou que iria explorar a ilha após de questionar a existência dos ídolos. O que ele achou que as pessoas iriam pensar?!

Depois, se isolou do resto do grupo propositalmente apesar de ter sido convidado para se juntar a eles. E isso para que? Sim! Isso mesmo… Para colocar arroz na meia suja dele.

Acho que a única coisa positiva que podemos destacar é o fato dele ter falado um monte de besteira após perder os desafios e isso, propositalmente ou não, ter o salvado do primeiro conselho e, consequentemente, garantido a vantagem de ser a primeira pessoa a ir para Ghost Island.

Poderia ser o que ele precisava para virar o jogo, certo? Errado!

Jacob me sai de lá com um fake idol. A ideia mais batida em toda história do jogo e obviamente isso não daria certo em 98% dos casos. Além disso, ele falou tudo que sabe publicamente, descartando qualquer possibilidade de criar relações mais sólidas com a informação privilegiada que ele tinha.

Resumindo: foi um completo desastre. Pena… pois como fã do programa estava torcendo pelo sucesso dele.


É sempre super complicado analisar uma tribo que não vai ao CT porque a edição tende a nos mostrar pouca coisa do que está acontecendo, mas vamos lá!

Wendell
01

A tribo parece o respeitar e considerar sua fala com mais importância. Identificou pontos de simetria entre ele e Domenick. Fez uma jogada excelente assim que soube, por Sebastian, que seu potencial aliado poderia ser o primeiro eliminado.

Achei brilhante como Wendell distorceu a verdade e a contou de uma maneira que o alvo fosse parar em Chris. Tudo isso porque contou que “Sebastian me perguntou se não era você o alvo”, dando a entender que alguém estava espalhando o nome de Dom, quando na verdade fou o próprio Sebastian que sugeriu.

Por mais que ele esteja numa posição mais ofuscada quando colocamos ele ao lado de Chris e Dom, pra mim, foi o que errou menos e acertou mais na Naviti.

Chris
02

Ao contrário de Brendam, que foi escolhido, Chris se colocou na posição de liderança e chamou toda atenção possível para si mesmo e acabou se obrigando a jogar mais abertamente e, consequentemente, ficar mais exposto.

Conseguiu formar uma aliança com Sebastian rapidamente através de uma ótima leitura social do que atrairia o pescador. Porém, o fato de ter ficado claro para o resto da tribo a relação dos dois é um ponto negativo.

Falando um pouco desse lado, vimos Chris ensinando Yoga para algumas pessoas na tribo quando Domenick disse que ele poderia ter juntando pessoas contra ele, o que demonstra que Chris tendo um jogo social.

Sua relação com o Domenick deve ser algo importante para temporada e aposto que eles devem cair juntos na fusão contra um monte de Malolos.

Domenick
03

Primeiras impressões são importantes e Domenick começou a criar atrito com a sua tribo logo no primeiro desafio quando criticou o desempenho de Chris como líder.

Por não conseguir manter a boca fechada e querer aparecer pro Jeff, criou inimizade com a pessoa vista como líder da tribo e, apenas isso, poderia ser o suficiente para uma eliminação precoce.

Tem uma personalidade meio intrusiva e parece ser aquele tipo de adulto que mantém a alma de 4ª série sempre viva, sabe?

Como ponto positivo, ele conseguiu achar um ídolo no escuro enquanto os outros dormiam. Tava tão escuro que ele não conseguia ler as instruções. Acho que essa foi a melhor coisa que poderia ter acontecido com ele, pois apesar de ter prometido utilizar o ídolo como forma de agressivar seu jogo, parece que se acalmou um pouco depois disso.

Com a vantagem no bolso, foi capaz de se concentrar no que é importante e conseguiu interagir melhor com a tribo, inclusive, tentando consertar sua relação com Chris. Isso poderia ter sido uma ótima jogada se tivesse sido colocada em prática mais cedo ou se Dom não tivesse arruinado tudo mentindo sobre não ter achado o ídolo para logo depois se contradizer.

Acho que ele vai ser um daqueles que faz um monte de cagada, depois um monte de coisa boa e vai dando tudo certo sem ninguém nunca nem saber o porquê.

Morgan
04

A menina mulher tem um jeitão que faz a gente subestimá-la, porém analisando o episódio, vimos que Morgan estava atenta às movimentações dos seus amigos de tribo e foi quem percebeu que Sebastian e Chris haviam sumido do acampamento.

Recebeu uma vantagem “gratuitamente”, o que é bem positivo, principalmente se formos considerar como isso beneficiou o jogo da Chrissy na temporada passada. Porém, com a saída de Jacob fica incerto como isso poderá afetar seu jogo.

Nos desafios, teve uma ótima performance e arrasou nadando.

Sebastian
05

O fato de ter sido escolhido para a parte física do primeiro desafio e sua tribo ter comemorado o fato dele ser pescador já o garantiu o selo de “indispensável” na pré-merge.

Como negativo, parece estar um pouco desconfortável com a parte social do jogo. Mas formou uma aliança com o Chris e não teve medo de apontar Domenick para eliminação. Esse foi um movimento bem arriscado, mas, para sua sorte, Chris já funcionou como seu escudo e Wendell preferiu distorcer a verdade para proteger Sebastian.

Bradley
06

Estava presente quando Wendell avisou Domenick sobre o fato de ter começado a virar um potencial alvo da tribo, o que mostra que está bem posicionado pelo menos entre algumas pessoas da tribo. Também sugeriu que tivessem cuidado com quem mandavam para a Ghost Island porque provavelmente haveriam ídolos por lá e estava correto.

Kellyn
07

Apareceu mais que as outras meninas da Naviti, porém não vimos muito dela enquanto jogadora ou pensamento estratégico. Sabemos que ela tem medo de tomar decisões, mas, até o momento não a vimos nessa posição, exceto, quando teve uma participação fundamental para a vitória da Naviti no primeiro desafio, dando instruções assertivas para a montagem do puzzle. Será isso algum indicativo?

Desiree
08

Outra pessoa esquecida pela produção. Pelo menos ela foi escolhida para a parte do puzzle e obrigou a CBS a colocar ela no vídeo para seus amigos e familiares terem certeza que ela realmente entrou no programa. Fora isso, ela foi mostrada perguntando sobre a profissão do Wendell, o que é legal porque mostrou que ela tentou socializar.

Angela
09

Não vimos muito sobre ela, mas foi mostrada como alguém que se importa em ouvir as histórias das outras pessoas e que sabe seus pontos fracos se voluntariando para sair do desafio. -q

Chelsea
10

Simplesmente eu não tenho o que falar sobre ela. Sinceramente, a edição não teve nem o respeito de mostrar a menina falando alguma coisa só para a família ficar feliz assistindo ela na TV. Poxa produção, que vacilo!

Jogador da Semana

Sem dúvidas, um dos grandes nomes da estreia. Sua boa leitura de jogo combinada com sua capacidade de se adaptar devem a levar muito longe na competição!


Vote em quem você acha que foi o melhor jogador!


Quem foi o melhor jogador do primeiro episódio de Ghost Island?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...


%d blogueiros gostam disto: